Fesurv integra grupo de Universidades que receberão recursos para pesquisa.

    O anúncio foi feito pelo secretário de Ciência e Tecnologia de Goiás, Joel Sant’Anna Braga Filho, na sexta-feira, dia 3 de abril., em reportagem veiculada pelo jornal Diário da Manha. Segundo o secretário, o recurso no valor de R$ 10 milhões para investimento em projetos de pesquisa contemplará cinco das principais instituições de ensino superior do Estado: Universidade de Rio Verde, Universidade Federal (UFG), Universidade Católica (UCG), Universidade Estadual (UEG) e Unianhanguera.

     
               Ainda, conforme o secretário, o corte de R$ 14,3 bilhões no orçamento deste ano, por conta da crise financeira internacional, não atingirá a área. Joel Sant’Anna informou também que foi eleito para dirigir por dois anos o Conselho Gestor do Conselho Nacional de Secretários da Área (Consect), órgão responsável por defender interesses dos Estados junto a entidades como CNPq e Finep – que custeiam pesquisas no país.

     
              Reitor da Fesurv, o professor Paulo Eustáquio observa que a notícia é bastante positiva, pois são recursos de fundamental importância para melhorar a infraestutura de pesquisa nas universidades, visto que podem ser utilizados na compra de equipamentos, de material de apoio e na expansão ou reforma das instalações físicas.