Área das Ciências Sociais Aplicadas promove 1ª Mostra de Direito e Cinema de Outono.

    Lucélia Santos marca presença na abertura debatendo com professores e estudantes sobre o tema “Cinema, Fome, Violência e o Mundo”

     

    A Unoesc realiza de 6 a 30 de maio a I Mostra de Direito e Cinema de Outono. O evento é promovido pela Área das Ciências Sociais Aplicadas, com coordenação do curso de Direito. A palestra “Cinema, Fome, Violência e o Mundo: uma conversa com Lucélia Santos”, marca a abertura da Mostra, no dia 6 de maio, às 19h30, no Auditório  Afonso Dresch.


    Nos sábados dos dias 9, 16, 23 e 30, a partir das 9h, no Auditório Jurídico, acontecem as exibições dos filmes, seguidas de debate com participação de professores e estudantes. Para essa mostra foram selecionados dois filmes nacionais e dois estrangeiros.
    Estre os objetivos do evento estão a discutição de temas fundamentais do Direito através do cinema; o estudo crítico do Direito, a interdisciplinaridade entre Direito e cinema; a formação humanista; a análise do discurso e a reflexão sobre o significado e o poder da imagem. O evento visa ainda criar um espaço de convivência cultural e oportunizar uma atividade complementar de formação acadêmica.


    O professor Antonio Brito, um dos coordenadores do evento, explica que a imagem é um instrumento poderoso da comunicação e da construção ideológica. Ele cita Pierre Bourdieu que destaca a violência simbólica no cinema como um campo profundo para essa investigação. “No cinema existem narrativas e significados simbólicos interessantes para serem discutidos no âmbito do Direito, tanto conflitos da condição humana quanto questões políticas e morais”, afirma.


    O professor completa que temas como guerra, fome, morte, poder, minorias, sexualidade, costumes e fé podem ser discutidos e interpretados dentro de uma perspectiva jurídica, crítica e interdisciplinar.  “A utilização do cinema para o debate é um método extraordinário, tanto pela capacidade de mostrar o real como de analisar a construção do discurso ideológico.”
    FILMES - O documentário “Promessas de um Mundo Novo, produzido em Israel, em 2001, com direção de Justine Shapiro e B. Z. Goldberg abre a mostra. O longa-metragem coloca em discussão temas como política internacional, direitos humanos e paz mundial.
    “O Bandido da Luz Vermelha”, de 1968, direção de Rogério Sganzerla, da sequência à mostra e presta uma homenagem ao cineasta joaçabense. O drama aborda temas como violência, pena e criminologia e faz uma crítica ao sistema em plena ditadura militar.
    Direitos humanos, sofrimento, diferença, portadores de necessidades especiais são os temas em debate no filme “O Homem Elefante”, drama dirigido por David Lynch e produzido nos EUA, em 1980.


    Fechando a mostra, o filme brasileiro “Anjos do Sol, de 2006, direção de Rudi Lagemann, faz uma abordagem sobre os direitos humanos e a exploração sexual infantil.

     

    SERVIÇOS
    Local: Auditório Jurídico
    Horário: 9h
    Datas e filmes:

     

    09/05 - Promessas de um Mundo Novo      
    16/05 - O Bandido da Luz Vermelha
    23/05 - O Homem Elefante
    30/05 - Anjos do Sol