Debate na Unimontes, neste 13 de maio, marca comemoração da Abolição da Escravatura.

    Depois da abolição da escravatura o que aconteceu no Brasil? O que está ocorrendo hoje? Qual o significado do “protesto negro”? A busca de respostas para esses questionamentos motiva as discussões de ciclo de palestras e mesas-redondas que será realizado na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), nesta quarta-feira (13), no auditório do prédio 2, do Campus Universitário Professor Darcy Ribeiro.

    Organizado pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB) da Unimontes, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão, o evento marca a comemoração dos 121 anos da abolição da escravatura no Brasil. As discussões acontecerão pela manhã (7h20m às 11h) e à noite (19h10m às 22h40m). Entre outras atividades, será lançado o concurso que irá escolher a nova logomarca do NEAB. Também será discutida a aplicação do sistema de reserva de vagas para afrodescendentes, adotado pela instituição desde o primeiro semestre de 2005, em atendimento a lei estadual.

    Na parte da manhã, às 7 horas, após a solenidade oficial de abertura, haverá uma apresentação cultural e, ainda, a divulgação dos informativos do NEAB. A partir das 8 horas, serão realizadas três palestras, seguidas de debates: “Historicidade de 13 de maio”.  “Atualidade de 13 de maio” e “Política de Ações Afirmativas: Questões de Cotas”.  Acontecerá às 10h20m O lançamento do lançamento do concurso para a escolha da nova logomarca do Núcleo de estudos Afro-Brasileiros da Unimontes e apresentação do Grupo de Pesquisa. As mesmas atividades serão desenvolvidas no período noturno, a partir das 19h10.