Unimontes e Tribunal de Justiça oferecem curso de Pós-Graduação em Poder Judiciário.

    Em parceria com a Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) vai oferecer o curso de pós-graduação "Lato sensu' em “Poder Judiciário”. As inscrições podem ser feitas a partir desta segunda-feira (8) até o próximo dia 19, no Fórum Gonçalves Chaves (sala 105), em Montes Claros, das 12 às 18 horas.

     

    Serão preenchidas 35 vagas, das quais 25 destinadas aos serventuários da Justiça - escrivães, tabeliães, oficiais de justiça e outros. As vagas restantes deverão ser preenchidas por graduados em Direito e demais profissionais da área jurídica.

     

    No ato da inscrição, os candidatos deverão apresentar os seguintes documentos: cópias do diploma de graduação, do documento de identidade e do comprovante de residência, além de currículo devidamente comprovado.

     

    A seleção será feita através de análise de currículo, observando, entre outros aspectos, a formação acadêmica e titulação, participação em eventos acadêmicos na área e produções bibliográficas ou técnicas publicadas. O curso de especialização terá duração de um ano, com carga horária de 360 horas/aula. As aulas serão ministradas no próprio Fórum Gonçalves Chaves, com início previsto para o dia 25 de junho.

     

    No âmbito da Unimontes, as atividades são supervisionadas pelo departamento de Direito Adjetivo, vinculado ao Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), contando com a participação da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino Superior do Norte de Minas (Fadenor). O curso é coordenado pelo juiz e professor Richardson Xavier Brant, que integra o corpo docente do curso de Direito da Unimontes e representa a Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes.