ABRUEM assina convênio com Universidade Degli Studi Roma Tre.

             A Università Degli Studi Roma “Tor Vergata”, sediada em Roma, na Itália, é a segunda instituição visitada pela comitiva de reitores e professores da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM).

     

             O presidente da ABRUEM, João Carlos Gomes, o vice-presidente Antônio Joaquim Bastos da Silva e demais integrantes da delegação iniciaram a visita do dia 24, no hospital Policlínico, considerado o mais moderno complexo de saúde da Itália, que atende os cursos de Medicina e Odontologia. 

     

           Fundada em 1982, a Tor Vergata é a terceira maior universidade da capital italiana que congrega as escolas de Economia, de Engenharia, de Humanidades, Artes e Ciências Sociais, de Direito, de Medicina e Cirurgia, e de Ciência. Possui um efetivo de 43.603 alunos, 1.571 professores e oferece 122 cursos de graduação. Na pós-graduação stricto-sensu a universidade oferta 120 cursos de Mestrado e 75 programas de Doutorado, com  3.023 alunos.  Dos 1.803 alunos estrangeiros, 80 são brasileiros matriculados em diversos cursos de graduação e pós-graduação.

     

    A delegação brasileira teve um encontro com o reitor da instituição italiana, Renato Lauro para discutirem as possibilidades de convênios que beneficiem a universidade italiana e as brasileiras do sistema ABRUEM. Destacaram principalmente, a possibilidade de intercâmbios nas áreas de Extensão Universitária, devido à experiência das IES da ABRUEM na área extensionista.

     

               Também participaram do encontro os diretores de todas as faculdades da  Tor Vergata e o representante do Ministério da Educação da Itália Giuseppe Pizza, que destacou a importância da visita dos reitores brasileiros nas universidades italianas, para intercâmbios acadêmicos e culturais.

     

             Após a visita à Tor Vergata, a comitiva seguiu para a Università degli Studi Roma Tree, onde foi recebida na Sala dos Conselhos Superiores pelo reitor Guido Fabiani e sua equipe diretiva, que apresentou aos reitores brasileiros as várias áreas e intenções de convênios entre a Roma Tree e as IES da ABRUEM. A delegação brasileira fez uma apresentação das áreas de excelência das 10 universidades brasileiras representadas pela comitiva. Os professores Antonio Alpendre (APIESP) e Jairo Pacheco (SETI) falaram do Programa de Extensão Universidade Sem Fronteiras. Em seguida foi assinado o convênio “Acordo Marco de Cooperação entre Universidade Degli Studi Roma Tree e ABRUEM”, com o objetivo de promover intercâmbios acadêmicos, científicos e culturais entre a universidade italiana e as 48 universidades afiliadas à ABRUEM. Segundo o reitor João Carlos Gomes, presidente da ABRUEM “num primeiro momento o interesse está no programa de mobilidade acadêmica para professores e alunos da  pós-graduação stricto-sensu dos dois países”.

     

            A Universidade Roma Tree foi criada em 1992 e atualmente oferece 54 cursos de graduação, 75 mestrados, 16 doutorados e 5 Ph.D. O Jornal “La Repubblica” classificou a faculdade de Economia Federico Caffè da instituição entre as 20 melhores escolas de negócios e economia do país.