Universidades de Parma no roteiro da delegação da ABRUEM, nesta segunda-feira.

    A Universidade de Parma, (Università  degli Studi di Parma), considerada uma das mais antigas e tradicionais da Itália, movimenta o cotidiano da cidade do mesmo nome, cuja arquitetura conserva os traços romanos no sistema urbano e nas construções do período imperial. Neste cenário, onde passado e presente se entrelaçam, a universidade de Parma recebeu na manhã do dia 29 de junho, a comitiva da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM). A visita tem a missão de estreitar laços de amizade e estabelecer possíveis parcerias e convênios de intercâmbio entre as universidades brasileiras e a italiana.

     

    Instituída como universidade em 1400, a Università degli Studi di Parma é  uma das 3 universidades italianas, que recebeu da Comissão Européia,  o titulo de Marcho ECTS, um importante reconhecimento que certifica seu sistema de ensino transparente, com qualidade internacional. Atualmente, conta com mais de 30 mil alunos matriculados e 12 faculdades (Agrárias, Arquitetura, Economia, Farmácia, Direito, Engenharia, Letras e Filosofia, Medicina e Odontologia, Medicina Veterinária, Psicologia, Ciências Exatas e Ciências Políticas). Oferta 58 cursos de graduação, 49 especializações, 33 mestrados e 46 doutorados.

     

    O reitor italiano Prof. Dr. Gino Ferreti, pró-reitores e os presidentes das 12 faculdades receberam a delegação brasileira, fazendo uma apresentação  do sistema universitário italiano, destacando o momento de mudança no ensino superior do país, cuja prioridade é a internacionalização das universidades italianas. Salientou o grande interesse nas relações com as universidades brasileiras.

     

    O pró-reitor de Relações Internacionais da Università degli Studi di Parma, prof. Sandro Cavirani, destacou que o maior interesse no intercâmbio com o Brasil seria na área de Tecnologia de Alimentos, por ser esta a área de excelência da universidade de Parma e, no Brasil, uma área com muito desenvolvimento acadêmico e industrial.

     

    Os integrantes da comitiva da ABRUEM apresentaram o Sistema da ABRUEM, destacando as cinco áreas de excelência de cada uma das universidades presentes na Comitiva Brasileira. Ao final da reunião, o Prof. Sandro Cavirani,  propôs às universidades brasileiras presentes na  Comitiva da ABRUEM, um Convênio de Cooperação Universitária para fins Didáticos e Científicos com a  Universita degli Studi di Parma. Esta proposta será levada aos conselhos superiores das universidades brasileiras, para posterior assinatura e inicio das atividades de intercâmbios.

     

    Todos os reitores brasileiros presentes no encontro foram homenageados pelo reitor de Parma, prof. Gino Ferretti.

     

    Confira as fotos da visita clicando aqui!