Uncisal realiza videoconferência internacional.

    A Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), através do seu Centro de Tecnologia da Informação em Saúde (CETIS) realizou nesta quinta-feira, 16 de julho, no auditório 1 da Biblioteca, uma videoconferência entre a Escola Estadual Théo Brandão e a Portland Public Schools da Inglaterra, integrante do Projeto Dreams and Times.

    O Projeto apresentado pelos ingleses  no momento da concorrência para sediar as olimpíadas de 2016 faz parte de uma série de ações a serem desenvolvidas até a realização dos jogos. O objetivo é promover atividades em países com carências educacionais, desenvolvendo o espírito de liderança através de Jovens Lideres.

    No Brasil foram escolhidas 12 escolas de rede pública estadual das quais seis ficam em  Alagoas, sendo três na capital e três no interior. Em Maceió, na Escola Théo Brandão, uma equipe de Jovens Lideres já é estimulada a promover atividades que minimizem a  evasão escolar.

    Segundo a professora Mariza Nutes que é coordenadora do projeto na Escola Estadual Théo Brandão lá já foram realizadas gincanas e em breve serão realizados os jogos internos.
    As ações do projeto dos Jovens Lideres estendem-se a outras escolas. As propostas trabalhadas envolvem também a promoção de  hábitos alimentares saudáveis e a pratica de esportes. Mariza disse ainda que “a videoconferência é uma forma de promover o intercâmbio das ações desenvolvidas entre os alunos (Jovens Lideres) alagoanos e ingleses, e sem essa parceria da Uncisal com a Secretaria de Estado da Educação e Esporte (SEE) isso não seria possível”.

    A aluna Leila Dias (16 anos), da Escola Estadual Théo Brandão disse que “fazer parte de um Projeto Internacional  já é maravilhoso, poder ver e conversar, mesmo que por intermédio do professor Luciano Cândido que faz a tradução, é uma experiência indescritível e ainda ter a possibilidade de poder ser selecionada para ir a Inglaterra é bastante motivador”.

    “A cada ano dois alunos são selecionados para irem à Inglaterra e outros dois ingleses vem para o Brasil. Em 2009 irão uma alagoana e um a pernambucano”, comentou Leila.

    “A Uncisal está à disposição da SEE para eventos dessa natureza disponibilizando seu aparato tecnológico e equipe técnica de TI em prol da educação alagoana”, disse Eraldo Alves, gerente do CETIS da Uncisal.