Estrutura e gestão da Unochapecó mudam nesta sexta.


     

    Mudanças agilizam processos e atendimento de demandas

     

    A necessidade de atualizar a instituição ao novo contexto da educação superior no país e o estabelecimento de condições para o pleno cumprimento da missão de produzir e difundir conhecimentos, com atuação mais ágil e adequada às demandas da sociedade, mais focada em prioridades e com maior racionalização de recursos. Dentro desses parâmetros, a Unochapecó realiza nesta sexta-feira uma solenidade que marca a implantação de sua nova estrutura organizacional e de gestão.

     

     

    O evento será às 19h, no salão de atos da instituição, com a presença da representação acadêmica e de autoridades e lideranças convidadas. No mesmo ato haverá a posse dos novos diretores das áreas de Ciências Exatas e Ambientais, Humanas e Jurídicas, da Saúde e Sociais Aplicadas e a nomeação de responsáveis pelas novas diretorias. Também haverá o lançamento de edital para eleição da nova composição do Conselho Universitário e a oficialização de dois grupos de trabalho para reelaborar o Manual de Normas e Procedimentos Acadêmicos, para a revisão do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e elaborar o Projeto Pedagógico Institucional (PPI).

     

     

     

    Uma das mudanças destacadas pelo reitor Odilon Luiz Poli é a reestruturação da Reitoria, atualmente com as vice-reitorias de Graduação, de Administração e de Pesquisa, Extensão e Pós-graduação. A partir de agora todas as atividades acadêmicas passam para a Vice-reitoria de Ensino, Pesquisa e Extensão, foi criada a Vice-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento e é mantida a Vice-reitoria de Administração. Juntamente com essa adequação, também ocorre mudança nas coordenadorias, que passam a atuar como diretorias segmentadas por área de ação.

     

     

     

    O reitor específica que o redimensionamento da estrutura irá agilizar os processos de decisão e de execução das atividades acadêmicas e administrativas e permitirá melhorar a qualidade dos serviços prestados pela instituição. Também contribuirá para: aumentar a qualidade e o volume proporcional da produção acadêmica; melhorar as condições para a percepção e o atendimento das necessidades de serviços educacionais; criar condições para a otimização dos recursos disponíveis na instituição, viabilizando a melhoria da qualidade dos gastos efetuados em suas atividades; adequar a instituição às condições do novo contexto de desenvolvimento da educação superior país; e aumentar a satisfação e a qualidade de vida no trabalho dos quadros docente e técnico da instituição.

     

     

     

    Processo paulatino de implantação

     

     

    As mudanças começam a ser implantadas agora e prosseguirão nos próximos meses e no próximo ano, incluindo a estruturação e implementação das áreas e diretorias acadêmicas, administrativas e de planejamento e desenvolvimento. Entre as ações programadas até fevereiro de 2010, estão a reelaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e a elaboração do Projeto Pedagógico Institucional (PPI).

    Ainda sobre a nova estrutura da Unochapecó, quanto ao quadro de pessoal, o reitor indica que não haverá crescimento, pois “o principal é a racionalização do aproveitamento das competências docentes e dos funcionários técnico-administrativos”. Da mesma forma, em termos de orçamento, haverá maior controle e a melhoria da qualidade dos gastos. “Poderemos ter uma redução do comprometimento da receita com a folha de pagamento”, informa o professor Odilon Poli.

     

     

     

    O que muda para o futuro

     

     

    “A partir de agora temos melhores oportunidades de crescimento institucional, o que não deixa de ser uma grande oportunidade também para o desenvolvimento da região, dada a importância da Unochapecó no cenário regional”, afirma o reitor. Para ele, o potencial da instituição “é primoroso e isso as avaliações do MEC e da sociedade vem mostrando, mas é preciso apenas algum aprimoramento da organização dos esforços institucionais para obter grandes resultados”.

     

     

    Para que a Unochapecó cumpra seu papel no atual momento da educação superior, o reitor enfatiza ser necessária “a implementação de uma grande agenda de mudanças na instituição, porque não podemos pretender atingir resultados melhores se insistirmos em fazer tudo sempre do mesmo modo”. Acrescenta que a inovação e a transformação “devem fazer parte do nosso vocabulário cotidiano, para que a Unochapecó continue a efetivar sua missão com atualidade e contemporaneidade, pois os alunos e a região esperam por isso, e para tanto é fundamental o engajamento de cada funcionário técnico-administrativo e de cada docente, que formam uma equipe muito qualificada”.